2

A Besta dos Mil Anos - Ilmar Penna Marinho Junior

sábado, 5 de março de 2011

Oii!


Cumprindo minha promessa de postar as resenhas atrasadas, vou começar pelo livro do nosso querido parceiro Ilmar, que nos cedeu gentilmente um exemplar de seu novo livro "A Besta dos Mil Anos", publicado pela editora novo século, para resenha!


Comecei a leitura desse livro em uma época super corrida na escola, por isso eu não consegui postar essa resenha antes.


A primeira coisa que me chamou a atenção no livro foi a capa (claro)! Em segundo lugar, a sinopse. Mesmo já conhecendo o livro um pouco pelas sinopses que eu li primeiro no site do autor (http://www.abestados1000anos.com.br/), a sinopse da contra capa é diferente. É aquele tipo de sinopse que suga o leitor para dentro das páginas.
Me encantei com o estilo da escrita e a narração do livro. Felizmente, não encontrei nenhum erro ao decorrer da leitura.


O autor, que já morou na França, se inspirou em uma famosa tapeçaria bíblica encontrada no castelo de Angers (imagem ao lado) para criar a história. A história gira em torno da incansável busca pelo quadro 75, a única parte que falta para que tapeçaria do Apocalipse fique completa.


Eu nunca havia ouvido falar sobre este castelo e sobre a antiga tapeçaria, por isso achei que fossem coisas fictícias. Fiquei surpresa ao saber que ambos realmente existem, e mais do que nunca fiquei curiosa para conhecer a França, a julgar pelas maravilhosas descrições que o autor faz. 


Não há apenas um protagonista. O foco da narrativa é dividido entre vários personagens que, no iníco, não possuem nada em comum, mas no final, a medida que os fatos vão se desenrolando, percebemos que todos atuam de alguma forma na história.


O livro todo é como um quebra cabeça. As peças vão se encaixando a medida que viramos as páginas e descobrimos novos fatos que nos ajudam a compreender o sumiço do quadro número 75, que ilustra a desconhecida cena do Diabo enjaulado por mil anos.


O leitor encontrará um clima eletrizante de suspense na recuperação da famosa cena, desaparecida desde o século XIII. A trama diabólica, primorosamente estruturada, cheia de reviravoltas e muitas surpresas, envolve religiosidade, mistérios, vinganças, ódio e amor, e traz de volta a figura bíblica da Besta dos mil Anos.Os personagens convivem com a maldição templária, o dinheiro fácil, a violência nas ruas, a escalada do sexo, a proliferação das drogas e a ganância corruptora. Conclamando seus adoradores a praticarem todas as maldades no mundo porque o fim dos tempos está chegando.


Este livro realmente me surpreendeu, com toda sua riqueza cultural e muita criatividade impressa nas páginas. Agradeço muito ao autor pelo carinho e pela atenção que nos deu.


Espero que tenham gostado da resenha. Nos vemos amanhã então! 


Abraços,


2 Comentários:

pocketlibro 5 de março de 2011 18:10  

Nunca tinha ouvido falar desse livro
Mas gostei muito e vou no site do autor saber mais
Você escreve muito bem ;)

Ei, eu também estou a procura de novos parceiros
Quer trocar link comigo?
Beijos

anaisa 6 de março de 2011 18:26  

Nossa, fiquei interessada!
Nunca tinha ouvido falar do autor nem do livro, mas minha curiosidade bateu nesse castelo de Angers ;)

Bjus.

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós. Não deixe de comentar! :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

"Dar menos que o seu melhor é sacrificar o dom que você recebeu."

Steve Prefontaine

Posts Recentes

Divulgue

http://leitorasanonimas.blogspot.com/

Clique aqui para ver mais tamanhos...

Assinar Feed

Digite seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

  © LEITORAS ANÔNIMAS

- Todos os Direitos Reservados -